Chovendo e correndo

Alô pessoal!

Setembro e Outubro sempre foram ricos em corridas! Prova disso está aqui. O único problema é a chuva… as minhas primeiras voltas de corta mato foram à chuva e, acreditem, que era lama até aos joelhos xD Apesar da lama e do maior esforço, correr à chuva sabe-me muito bem. Nestes dias em que ainda faz calor e estamos a correr a todo o gás, a chuva parece abençoada. Arrefece-me e relaxa-me. É um elemento incontrolável, imprevisível e talvez por isso me sinta impelido a continuar. Como um miúdo que olha para cima e diz “Ai é? Não queres que eu continue? Agora é que eu não paro mesmo!”.

Nesses dias as sapatilhas ficam à porta de casa. Molhadas e lamacentas, talvez demorem tanto quanto eu a recuperar, caso me constipe! Mesmo assim entre ficar semanas sem treinar e apanhar uma constipaçãozita, escolho sempre ir treinar!

E por aí? Há mais alguém que goste de correr à chuva?

Anúncios

Uma Grande Molha

Agosto começou bem, com corridas nos dias 1 e 2, uma caminhada dia 3 e muita piscina, ping pong e Wii no dia 4. Mas no dia 5 o meu pé acordou de novo com má vontade e decidi abrandar o ritmo. O problema de abrandar é inércia: se passo vários dias sempre activa, é fácil continuar activa, mas se quebro o ritmo, depois é muito mais difícil recomeçar.

Entretanto passei uns dias fora de Lisboa, e agora que voltei pensei “hoje é que vai ser”! Estava um dia nublado, que prometia uma corrida fresca. Mas, mal pus um pé na rua, começou a chover. “São só uns pinguinhos refrescantes”, pensei, enquanto me distanciava. Pois é, mas os pinguinhos começaram a engrossar até eu estar completamente encharcada, o cabelo empapado, as pernas as escorrer água e pingas a caírem da ponta do nariz. As ruas estavam escorregadias e cheias de vapor de água porque estava calor. Fiz grandes troços a andar, chegando a parar sob umas arcadas do museu da Etnologia para tentar secar um pouco (daí a curta distância percorrida no total).

Voltei a casa prontinha para me meter num duche quente e ficar a pensar em como é irónico ter apanhado uma molha tão grande no dia 14 de Agosto.